quarta-feira, agosto 26, 2009

Wish list (viva o México)

  • frijol
  • cebolla
  • jitomate
  • cilantro
  • chile del verde
  • pepinos
  • tortillas
  • queso
  • aguacate
  • creme de leite
  • totopos
  • canela

no olvidarme de llevar

  • salsas
  • chile jalapeño
  • chile chipotle
  • arroz
  • leche condensada
  • apachurador
  • llaves
  • tequila

É tudo verdade


Informações: (11) 3064-7485 ou http://www.etudoverdade.com.br/



DOCUMENTÁRIOS DE LOUIS MALLE ABREM É TUDO VERDADE/MOSTRAS ESPECIAIS EM SÃO PAULO E NO RIO

Dois documentários distintos do cineasta francês Louis Malle serão exibidos nas sessões de abertura do É Tudo Verdade/Mostras Especiais em São Paulo e no Rio de Janeiro."Place de la Republique" (1972) será exibido na Cinemateca Brasileira, em São Paulo às 20h30 do próximo dia 31, em sessão para convidados. Por sua vez, "A Câmera Impossível" (1969), o primeiro episódio da série "A Índia Fantasma", abrirá o festival no Rio de Janeiro, às 20h30 do dia 4 de setembro, no Instituto Moreira Salles."Acho que Cinema Direto é a melhor maneira de definir o que tentei fazer na Índia, ou nos documentários que rodei da França em 1972 ou nos americanos que fiz mais tarde", disse Louis Malle ao critico Philip French. "O que chamo de Cinema Direto é um tipo de documentário no qual você improvisa tudo e trabalha com uma equipe mínima. Você não tenta organizar a realidade, você apenas tenta seguir para onde seu interesse ou sua curiosidade o leva, e mais tarde tenta dar sentido a isso na sala de montagem. É um cinema de instinto, de improvisação, um cinema muito do presente".Em "Place de la République", Louis Malle conversa com transeuntes e trabalhadores que convergem para aquele tradicional endereço parisiense. Filma-os durante dias, reencontrando alguns, perturbando outros. O resultado é um poderoso flagrante de faces e vozes dos franceses no começo da década de 1970."A Câmera Impossível", por sua vez, dá início em tom ensaístico a saga documental em sete episódios rodado por Malle na Índia nos primeiros meses de 1968. O cineasta francês anuncia seu projeto de realizar um documentário "subjetivo" que investigue a Índia para muito além da elite anglofônica. "Mesmo em minha obra ficcional creio ter sido enormemente influenciado por aquilo que descobri na Índia", reconheceu Malle anos mais tarde.Fundado e dirigido pelo crítico Amir Labaki, o É Tudo Verdade - 14º Festival Internacional de Documentários é uma co-realização da Petrobras, CPFL Cultura, Centro Cultural Banco do Brasil, SESC-SP, Ministério da Cultura - Secretaria do Audiovisual, Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura do Rio de Janeiro, Riofilme e Cinemark, com apoio da Oi, da Imprensa Oficial, do Instituto Moreira Salles, da Cinemateca Brasileira e do Ministério da Cultura, através da Lei 8.313/91 (Lei Rouanet) e FNC - Fundo Nacional de Cultura.
É Tudo Verdade 2009/Mostras Especiais - 14º Festival Internacional de DocumentáriosDe 31 de agosto a 7 de setembro Cinemateca Brasileira - SPSALA BNDESR. Largo Senador Raul Cardoso, 207(210 lugares)De 4 a 12 de setembroInstituto Moreira Salles - RJR. Marquês de São Vicente, 476Tel.: (21) 3284-7400 (113 lugares)Direção: Amir LabakiInformações: (11) 3064-7485 ou http://www.etudoverdade.com.br/

por falar em chile




Fiesta Mexicana (Tapatía)




  • Frijoles fritos


  • postre de limón


  • àgua fresca de arroz


  • agua fresca de jamaica


  • guacamole


  • salsa mexicana


  • chilaquiles

terça-feira, agosto 25, 2009

Cine CHILE


Confira a programação.
Sexta-feira (28/08) 21h30: 199 Recetas para ser feliz
Sábado (29/08) 21h30: La buena vida
Domingo (30/08) 21h30: Alicia en el País
Segunda-feira (31/08) 21h30: Tony Manero
Terça-feira (01/09) 21h30: El Regalo
Quarta-feira (02/09) 21h30: Malta con huevo
Quinta-feira (03/09) 21h30: El rey de lo huevones
II Festival de Cinema Chileno
Reserva Cultural
Av. Paulista, 900 - São Paulo - SP
Mais informações:
http://www.festivaldecinemachileno.com.br/

Platão vs. Aristóteles (Mirra e Alecrim)


Mirra disse que Alecrim tinha alucinações metafísicas.


Alecrim disse que seus desvarios eram de ordem aristotélica.
Mas não tinham unidade tal qual o monstro horaciano.


"não há classificação do universo que não seja arbitrária e conjectural" BORGES


" A RAZÃO É MUITO SIMPLES: não sabemos o que é o uiverso" Borges

" O homem sabe que há na alma matizes mais desconcertantes, mais inumeráveis e mais anônimos que as cores de uma floresta outonal"...CHESTERTON

sábado, agosto 22, 2009

Inventário (by Fabiana Oshiro)





"Aos cinco, uma cicatrizde fogo,


silêncio,


e depoislágrimas de amor.


Aos cinco, uma cicatriz,


mágoa...


Pra sempre


nós dois


juntos onde for.




Teu inventário eu vou fazer


recolhendo pedaços soltos.


Aos poucos...


Para entender


nosso feliz desaniversário.






Eu gostaria de ter


te conhecido melhor.


Para alémdo mamão na cama


e dos álbuns de fotografia.




São pedaços soltos


recolhidos aos poucos


Pra te conhecer


Para além daquele dia


e dos álbuns de fotografia".

sexta-feira, agosto 21, 2009

O POeta


O poeta lê Rimbaud em "tempos de assassinos", mas a poesia é do Lô Borges e do Clube da Esquina.

Para Ana Fabio Biathan

sexta-feira, agosto 14, 2009

POESIA

"A vida em nossa cabeça
Viaja um tempo sem fim
Estamos tão perto beleza
Amor do princípio ao fim
E o tempo que a precisa
Renova a chama, o sim
Viaja tranqüilo e serena
A força do vento em mim
Nem quero saber de careta
Nem posso perder o teu sim
E o som que você levou
Buscas também
E agora mesmo
Vejo luzes, claros corações
O céu é uma lona furada
Estrelas assistem um show
Eu sento na mesma calçada
O vento que não me levou
Parece que vai levar uma canção
Com meus amigos
Tudo em cima
Claros corações"...

terça-feira, agosto 11, 2009

About frustration

Frustrated Russian throws cup at Mona Lisa

PARIS (Reuters) – A Russian woman frustrated at failing to obtain French nationality hurled a ceramic cup at the Mona Lisa but did not damage Leonardo da Vinci's famed portrait, a spokesman for the Louvre Museum said on Tuesday.
The attack happened on August 2 and the unnamed assailant was immediately arrested.
"The woman threw an empty cup at the Mona Lisa, but there was no damage as the cup smashed when it hit the screen protecting the painting," said Louvre spokesman David Madec.
"She was visibly upset," he added, saying she had subsequently undergone psychiatric testing.
The Mona Lisa, which is protected by a bullet-proof screen, is one of the most prized works in the Louvre and was seen by some 8.5 million visitors last year.
The woman had hidden the ceramic cup in a bag and later told police she had been upset because she had not been granted French nationality. She has since been released, but faces legal action from the Louvre.
Other museums in France have had problems.
In 2007, a man broke into the Musee D'Orsay in Paris and punched and damaged a painting by the French impressionist Claude Monet.
In 2008 a Cambodian woman was made to do community service after kissing a painting by American artist Cy Twombly at a gallery in southern France, leaving lipstick on the canvas.
(Reporting by Joseph Tandy, editing by Crispian Balmer)

terça-feira, agosto 04, 2009

REceita de BOLO


Quando se analisa um quadro ou um livro ou qualquer tipo de arte, tem de se levar em conta primeiro se há maniqueísmo na obra e se houver não é arte, ou seja, primeiramente deve haver dialogismo. Acho que em segundo plano vem distinguir o que faz parte do campo simbólico e o que é alegoria e metáfora, mas isso tudo é uma outra história muito complicada de explicar no momento. Então, copiei umas coisas sobre filme que depois vou postar. E o problema da psicanálise vulgar é criar significado pra tudo, ser universal ou totalizante ou qualquer outra coisa, sei lá, ainda não tenho diploma pra falar sobre isso. E por último, "A estética da violencia" não pressupõe o elogio ou a apologia da violencia, isso seria misturar assuntos.